Pele, unhas e cabelos. Quais as tendências e necessidades para o inverno?

Com a aproximação dos dias mais frios do ano, é fundamental dar destaque aos artigos com maior consumo no período

Os dias mais quentes do ano, aos poucos, vão sendo substituídos pelos dias mais frios, fazendo com que o consumidor passe por alguns comportamentos específicos, mude seus hábitos e, consequentemente, altere a cesta de compras.

Pele: rosto e corpo1

A pele torna-se mais áspera, menos hidratada e pode apresentar lesões e doenças cutâneas. Portanto, a hidratação correta é importante para que a pele mantenha suas funções e aparência, e os hidratantes são os grandes aliados do período.

Eles apresentam diversas consistências, que variam de gel a loção e são apresentados em cremes ou pomadas. Têm diversos componentes, como ácido hialurônico, ureia, pantenol, silicone, entre outros, que melhoram a hidratação e a proteção da pele.

Já os óleos corporais têm as propriedades de formar uma camada que reduz a perda de água e deixar a pele com toque mais aveludado.

Cabelos: tratamento e restauração2

Assim como a pele, durante os meses mais frios do ano, os cabelos passam por um processo natural de ressecamento.

Dessa forma, máscaras de tratamentos, séruns e ampolas ganham destaque e merecem atenção especial.

As ampolas são, normalmente, para uso de um tratamento rápido ou ação imediata. Já as máscaras têm ação mais profunda.

Os séruns, por sua vez, são indicados para os cabelos finos; e os creme de pentear ou leave-ins sem enxágue protegem os fios das agressões externas.

Unhas: esmaltes e suas coleções3

Para os esmaltes, é importante dar destaque aos lançamentos das coleções. Aliás, é fundamental estar atento às novidades do mercado, que surgem a cada estação.

Entre as cores de tendência para 2020 então o coral, verde-menta, nude, tons metalizados e terrosos.

*Fontes: 1. Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD); Theraskin; e Pierre Fabre (Avène); 2. Cless Cosméticos; 3. Risqué e Impala