Insights para a boa performance do checkout

Quando bem explorado e aproveitado, o checkout tem um alto potencial para aumentar o tíquete médio, alavancar o giro e apresentar lançamentos e novidades.

Assim que o shopper cumpre sua “missão de compra” na perfumaria, ele se direciona ao caixa para pagar e ir embora. Diante desse comportamento, é vital que o ponto de venda (PDV) trabalhe muito bem essa área. Existem diversas alternativas que podem ser exploradas, como displays, ponta de gôndolas, mas a mais rentável delas é o checkout.

Quando bem explorado e aproveitado, o checkout tem um alto potencial para aumentar o tíquete médio, alavancar o giro e apresentar lançamentos e novidades, pois é passagem “obrigatória” a todos os clientes que vão efetuar uma compra.

A área do checkout é movida por inovação e é onde o consumidor busca por lançamentos. Além disso, os produtos expostos na área do caixa devem ser responsáveis por aumentar o lucro operacional da loja, sem que subam as despesas operacionais, afinal, são artigos que podem se vender “sozinhos” nas gôndolas.

Outra dica é a precificação inteligente. A área do checkout deve possuir promoções, mostrando o valor cheio e em seguida o valor promocional para a percepção de um bom negócio pelo cliente.

Pela área do caixa ser um espaço restrito, não coloque produtos onde o cliente possa esbarrar. Além disso, lembre sempre de repor os produtos constantemente para evitar rupturas que ocasionem a desistência da compra.

Foto: Shutterstock