Fim de ano promissor

População tende a gastar um pouco mais com as compras de fim de ano devido ao 13º salário

O final de ano é especialmente importante para o varejo como um todo e pode ser muito especial também para as perfumarias. Além de ser a época das festividades, é a temporada em que as famílias se prepararam para as férias de verão.

As categorias voltadas ao bem-estar e à beleza ganham destaque. Além dos protetores solares, itens dermocosméticos passam a ter relevância pelo apelo de cuidados que a estação propicia.

Os kits promocionais ganham importância quando pensados sobre o ponto de vista de otimização da mala e da possibilidade de se tornar um presente.

O Natal é a principal data comemorativa do varejo e deve movimentar R$ 35,9 bilhões em 2019, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que aponta que o faturamento do setor cresce em média 34% na passagem de novembro para dezembro.

A estimativa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) para as vendas de Natal em 2019, na capital paulista, é de que o movimento apresente crescimento médio de 2%.

Loja preparada

Nesta temporada, o aumento do fluxo de pessoas nos pontos de venda (PDVs) independentemente do setor é grande, o que gera a necessidade de calibragem das previsões e das preparações, não somente sobre o que se pretende atingir como meta, mas sim sobre o que efetivamente se espera, tendo em vista as projeções, a economia, o índice de confiança do consumidor e a correta relação produto-época do ano.

“Não estar preparado para uma ocasião de grande demanda pode ser extremamente prejudicial”, alerta a diretora executiva do Instituto Brasileiro de Executivos e Varejo (Ibevar), Patricia Cotti.

Segundo ela, um estudo do mix de produtos e criação de cestas/kits especiais são os alternativas mais certeiras de sucesso para as vendas. “Estes itens podem ser agrupados em ilhas de impulso, frente de loja/caixa, pontas de gôndola, desde que correlacionados com o desejo do consumidor pela busca de uma solução prática e fresh, relacionada a seu bem-estar. A comunicação de loja também deve estar para estimular este tipo de comportamento e gasto, com apelos emocionais que incentivem a adoção de uma ação de compra. Treinamento da força de venda para o oferecimento de produtos complementares é fundamental”.

A diretora da Connect Shopper e consultora de varejo e shopper marketing, Fátima Merlin, ressalta que para se destacar, é preciso oferecer produtos diferenciados, exclusivos, personalizáveis. “Crie listas com sugestões de presentes mais acessíveis, invista em pontos extras com algumas alternativas de produtos presenteáveis e soluções para as necessidades do shopper. Dê alternativas, os inspire fornecendo sugestões e dicas, além de possíveis combinações”.

Fátima lembra ainda que os clientes querem cada vez mais informação e conteúdo rico para ter a certeza da melhor compra. “Portanto, sinalize adequadamente a loja e os produtos”.

Para Patricia, as perfumarias devem utilizar o apelo festivo envolvido não só no Natal, mas na ideia de finalização do ano. “Os consumidores estão mais propensos a gastos, seja do ponto de vista econômico (pelo recebimento do 13º salário) ou psicológico (com as auto-permissões a gastos extras tendo em vista um ano difícil; movimento de se auto-presentear). Este apelo e tendência do consumidor, quando bem utilizados, tendem a gerar frutos muito positivos, principalmente nas categorias voltadas ao bem-estar”.