Cuidados ao abordar o cliente na loja

O atendimento deve acontecer de acordo com a postura do consumidor. Entender suas necessidades de compra é fundamental

Cada vez mais, o cliente busca vivenciar novas experiências na loja. Por isso, todo o atendimento deve ser cuidadosamente desenvolvido e alinhado com a equipe da perfumaria.

Em uma loja de autosserviço, onde o cliente fica à vontade para escolher e testar os produtos, o vendedor deve ficar atento a qualquer sinal de solicitação para dúvidas ou orientação e estar de prontidão para atender.

Nesse cenário, é possível criar um diálogo assertivo sem ser intrusivo, perguntando sobre quais itens buscar, se há o interesse em conhecer as novidades em tintura ou cremes, se busca produtos em liquidação, enfim, identificar quais são as expectativas e as necessidades desse shopper.

Veja a seguir o que é certo e errado no atendimento:

O que é certo O que não é errado
Estar à vista do cliente, caso ele precise de ajuda. Segui-lo pela loja, em todos os corredores.
Usar um bom vocabulário, sem gírias. Falar com jargões, com intimidade, usando apelidos como: querida, flor, amor, linda…
Apresentar as novidades de forma empática, mediante abertura do cliente para isto. “Empurrar” novidades, detalhando características do cliente, causando desconforto, tais como “é bom para hidratar seus cabelo, que está quebradiço”, ou “tira as suas espinhas”, e por aí vai…
Oferecer amostras grátis, descontos e clube fidelidade. Forçar a realização de cadastros para premiações com uma ficha extensa de informações.

Fonte: consultor empresarial, Roberto Vilela